Uma raridade entre as cavernas da Chapada Diamantina onde a maioria é de calcário, a gruta do Lapão é considerada a maior do Brasil com essa formação geológica, quartzito, rara na região.  Perfeita para os adeptos de aventuras do tipo “Indina Jones”, a trilha oferece um nívelo de dificuldade de médio a difícil,  com 4,5km de extensão incluindo uma hora de travessia no interior da caverna, sempre descendo e pulando pedras. Ainda dentro da gruta, atravessaremos um pequeno rio para, em seguida, sair por uma grande boca de 50m de altura. Nesta boca é possível fazer rapel e bung jumping. Duração média entre 4 e 5h (ida e volta ).

Texto: Lílian Andrade, jornalista.